Noticias

Crescimento da indústria de nutrição animal nos últimos anos


Por Equipe AllNova en 26/09/2018

O Brasil é o terceiro maior produtor de ração do mundo, ficando atrás da China e dos Estados Unidos segundo a 6ª edição da “Pesquisa Global Alltech: Produção de Ração 2017”.

A pesquisa avaliou 144 países, contabilizando um total de mais de um bilhão de toneladas de ração produzidas no mundo. Segundo ela, a primeira colocada no ranking é a China, que produziu 187,2 milhões de toneladas, o segundo é os Estados Unidos com 169,7 milhões de toneladas produzidas e o terceiro colocado, o Brasil, que somou 68,9 milhões de toneladas de ração. 

A maior parte da produção brasileira de rações foi para aves e suínos. A pecuária apresentou uma produção quase cerca 200 milhões de toneladas de ração entre leite e corte em todo o mundo. A lista completa das produções no Brasil e em outros países, pode ser acessada no link https://go.alltech.com/alltech-mapa-interativo-pesquisa-2017. 

 

7ª Pesquisa Anual de Ração da Alltech

 

Este ano, a Alltech Global disponibilizou alguns resultados coletados para a pesquisa de 2018 e segundo ela, a meta da produção de mais de um bilhão se confirmou. 

“A Alltech Global Feed Survey do ano passado ultrapassou o limiar de um bilhão de toneladas métricas de ração produzidas globalmente, pela primeira vez. Este ano essa posição se confirmou, com uma estimativa de 1.068 bilhões de toneladas.” (Fonte: Alltech Global)


Nessa pesquisa, o Brasil se destaca com um leve crescimento em duas vertentes diferentes. O primeiro resultado em relação à produção de ração para aquicultura, no qual países com um número menor de produção de ração nesse ramo, como o Chile, Peru, e oriente médio, liderados pelo Irã cresceram significativamente. 

O segundo resultado, mostra que o Brasil vem se destacando com um crescimento na produção de ração para equinos, sendo que a América Latina e Ásia-Pacífico apresentaram um crescimento de 108 e 160 mil toneladas respectivamente. 

 

Importância da nutrição animal

 

Uma alimentação balanceada, com os nutrientes essenciais para um bom crescimento e desenvolvimento dos animais é essencial para se ter uma produção de qualidade. 

O mercado de nutrição animal vem se desenvolvendo e mostrando para os seus clientes a diversificação de rações e as diferentes tecnologias que elas apresentam. 

Afinal, o consumidor não quer apenas um alimento para o seu gado ou seu pet. O consumidor busca o que tem de melhor em termos de eficiência e produção, no caso de animais de corte que propiciem os melhores resultados em desempenho e viabilidade econômica.

Relacionadas

A mulher no mercado agro

05 dicas de preparo para vender bem seu cavalo

Vacinas importantes para bovinocultura de corte